O que você precisa saber sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)



Em linhas gerais, a LGPD é um conjunto de direitos e obrigações que tem como foco proteger a privacidade e a autonomia dos titulares de dados pessoais dos cidadãos brasileiros.

Desta forma, o projeto de Lei 53/2018 aprovado que cria a LGPD passa a estabelecer um maior controle e regulamentação sobre o processamento dos dados.

Paralelo a isso, estão previstos novos direitos dos usuários, como direito de acesso, retificação e atualização dos dados coletados pelas empresas públicas e privadas na internet.

O único veto que o projeto de lei recebeu foi em relação à criação do órgão regulador que ficaria responsável pela aplicação da legislação, a Agência Nacional de Proteção de Dados – ANPD.


Confira em 10 tópicos tudo o que você precisa saber sobre a LGPD:


1- Qual o foco da Lei de Proteção de dados Pessoais?

O foco da legislação está na proteção de dados pessoais coletados por empresas públicas e privadas na internet. Em síntese, o novo regulamento traz novas diretrizes para a coleta e compartilhamento dos dados. A diretriz principal está embasada no prévio consentimento do titular para qualquer tipo de ação.


2- Para quem se aplica a lei?

O projeto abrange todas as empresas brasileiras – públicas ou privadas – assim como todas que de alguma forma coletam dados no país. Ou seja, as normas valem para empresas e instituições que ofertam bens e serviços ou lidam com informações dos cidadãos residentes no Brasil.


3 – Quais são essas informações?

Em linhas gerais, essas informações referem-se aos dados pessoais de cadastro ou até mesmo textos e fotos publicadas em redes sociais.


4- O que a legislação considera como dados pessoais?

Conforme a legislação, toda e qualquer informação relacionada a uma pessoa que seja “identificável” é considerado um dado pessoal. Além disso, foi criada uma categoria especial, classificada como dados “sensíveis”. Esse grupo contempla registros de raça, opiniões políticas, crenças, condição de saúde e características genéticas.


5 – Existem normas específicas para o processamento de informações de crianças?

Sim. O tratamento de dados de crianças e adolescentes só poderá ser realizado a partir do consentimento ou autorização por um dos pais ou responsável legal.


6 – Quais serão as obrigações das empresas?

A empresa precisará solicitar o consentimento do usuário de forma clara e em cláusula específica. Por exemplo, se uma empresa coleta um dado para uma finalidade, deve obter uma nova permissão caso mude o propósito da utilização destes dados. As empresas também terão como principal obrigação a garantia de segurança dos dados.


7 – As empresas podem ser responsabilizadas por vazamento de dados?

As empresas poderão ser responsabilizadas tanto por acessos não autorizados como a qualquer outra forma de vazamento. No caso de algum incidente em relação à segurança de algum dado, a empresa é obrigada a comunicar ao titular e ao órgão competente.


8 – Quais serão os direitos do titular de dados?

– Requerer o acesso às informações que uma empresa tem sobre ele;

– Ser informado sobre a finalidade, a forma e o processamento e compartilhamento dos seus dados.

– Requisitar a correção de um dado incompleto;

– Solicitar eliminação de registros desnecessários;

– Permitir a portabilidade para outro provedor de serviço;

– Determinar a revisão de uma decisão automatizada baseada em seus dados.


9 – Quais serão as penalidades em caso de infração?

Em caso de alguma infração, a empresa responsável poderá receber advertências ou até uma multa equivalente a 2% do seu faturamento. A multa é limitada ao valor máximo de R$ 50 milhões. Além disso, poderá responder judicialmente quando for o caso.


10 – Qual será o período para adaptação das empresas?

As empresas terão um prazo de 18 meses para se adequar a Legislação Geral de Proteção de dados.


Agora que você já conhece os principais tópicos para estar por dentro da LGPD, que tal conhecer sobre outros assuntos? Confira nossos outros posts.


23 visualizações

Contato

Vendas:        0800 777 9010

Unidade SP: (11) 3090-7484

Unidade RJ:  (21) 2136-4640

Redes Sociais

  • Facebook Grupo Positiva
  • Instagram Grupo Positiva
  • Twitter Grupo Positiva
  • LinkedIn Grupo Positiva

©2019 - Todos os direitos reservados ao GRUPO POSITIVA